quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Vem, volta!



Amor, pra onde eu vou sem seu amor?

Subi as escadas infinitas na direção da dor e da solidão, passei nas esquinas pobres e nas curvas ricas, mas não te encontro você não fica. Que falta faz o seu sorriso e sua mão na minha.

Pensei assim: Que tal seguir, e caminhar sem desistir e procurar um outro motivo pra sorrir?

Outros motivos que eu digo , são outras coisas e afazeres , jamais outras pessoas. No dia que eu voltar meu coração ainda será seu, a janela permanece aberta e pra minha felicidade só voce tem a formula secreta.

Aquela rota tá espalhada, foi na brita, tá incerta sem você, nevoeiro coberto , não vejo nada só ando em falso. Pegue o atalho, meu amor , se teletransporta, vem de qualquer jeito, apareça rápido, porém se demorar não se preocupe e nem se culpe, ao amanhecer ainda estarei pensando em você como de costume.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Tudo azul, por lá.





​Vistei o céu essa manhã e voltei com mensagens ​para cada um de vocês que agora estão por aqui lendo. Pude ver , mesmo que de longe, todos seus amigos, familiares e outras pessoas queridas e estão todos super bem , fizeram questão de demonstrar o quanto tem orgulho de vocês , estão com saudades extremas porém garantiram suportá-las até que seja seu dia.Fazem festa de recepção , de boas vindas , com comidas e bebidas (tinha vinho, galera como em Canaa), fotos por todos os lados. Fiquei feliz , um dia serei recepcionado também assim.

O que verdadeiramente defere o ceu dá terra e a paz que por lá se encontra com uma facilidade gigante, exceto isso o Céu é um anexo da terra, as profissões e os afazeres continuavam pelas bandas celestes. Minha Vó estava por lá fazendo seus biscoitos de polvilhos e aquele bolo de fubá e a sua vó estava junto contando historias e esticando sorrisos de tantas outras crianças que depois de tanto brincarem paravam na sombra de uma mangueira para comer e ouvir nossas vozinhas falarem.

Aquela tia do abraço gostoso mandou outro, mandou vários. Disse que faz aquele macarrão com salsicha ou com carne moida assim que voce chegar , mas ela não tem pressa espera o tempo que for necessário. Aquela visita ao ente querido que não deu pra fazer , tá superadíssima eles nem lembram.

Por lá, o papo é reto e o caminho também e aqueles seus amigos, primos e tios agora orgulham a família e entraram no ritmo da paz e entraram também no ritmo da Samba, malandro é malandro e sempre será, velha guarda em festa e por falar nisso; aquela cantor e aquela banda continuam com agenda e plateia cheia, assim como os campos de futebol, só craque e golaços deu até inveja , no cinema só filmaço e no teatro as melhores risadas garantidas e tinha o lugar mais disputado de todos, o autódromo, por lá todo domingo tinha tema da vitória tocando em alto e bom som. Senti mais um pouco de inveja, e minha cota de inveja encurtava minha visita.

Fui levado por Deus a um lugar onde as mães que foram na frente e deixaram os filhos se encontram para rezar de joelhos todo dia durante duas horas (algumas ficam até por mais tempo) , em orações e sussurros para que sirvam de escudo para nós pelo tempo que ainda durar nossa estadia por aqui, os pais rezam em pé fortes e resistentes, tudo isso em um salão lindo, florido, cheiroso, repleto de fotos e lembranças, um lugar só delas .

No caminho da saída, revejo velhos amigos e aquele futebol rolando,também tinha espaço para o vólei , basquete, domino , baralho , pique pega entre outras brincadeiras... preciso ir, mas voltarei com certeza.

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Voce ainda pode voltar!





Você ainda pode voltar, mesmo errando , mesmo sendo ingrato, mesmo sendo esquecido, mesmo deixando de lado, usando como segundo plano. Meu amor é incalculável e de absolvição duradoura que não depende do ocorrido para te perdoar seja a proporção que tiver .

Faço tudo pra evitar seu mal, o nosso mal ...e o meu mal é estar longe de você. Ao seu lado até me perco , avanço em qualquer direção sem receio algum com você de guia sigo vendado e em frente , feliz e convicto , pra destino que for sem remetente . Volte, ainda pode, te resguardo eu prometo ,defendo até de seus erros. Do seu lado eu tenho paz , tenho flores, sorrisos, tenho luz , tenho tudo e até demais.

Me dê amor e eu te dou proteção, é uma troca justa ninguém sai perdendo vamos pregar nos corações somos fortes juntos, sem perder tempo , sem pedir desculpas , apenas volte.

Um dia possa ser que não te queira mais, que tudo mude e que meu chão não tenha como destino o seu porto mas por enquanto não te esqueço e faço questão de navegar em seus mares; por isso volte, você ainda pode, mistura e enlouqueça meu mundo , impressiona e emociona como faz e como sabe.

Seja bem vinda de volta, sempre que for necessário, amar é pode voltar sempre que se perder!

sábado, 8 de junho de 2013

Tudo bem .




Cada um na sua busca, cada um com sua bússola a procura é duradoura o encontro é longínquo por vezes não acontece, porém temos que nos apoiar na intenção de compensar o esgotamento com o capricho do alvo e pela concretização conte com a sorte pois as oportunidades caem sim do céu e devemos estar preparados e sensíveis para apreciar o momento exato.

Os destinos são exclusivos o que pode ser uniforme são as rotas e as companhia por entre elas, aprendemos a cada perda seja ela física ou abstrata , os ganhos nos iludem deixam a impressão de que tudo esta ordenado e que nada de inesperado acontecerá, e sabe o que auto-confiança atraí? Armadilhas, mas não se preocupem elas foram feitas exatamente para isso, então mergulhe de cabeça é convicto que será instruído por ela.

Existem sonhos que nunca serão realizados, entretanto existem outros semelhantes que se realizam e não simplesmente devido a um animo maior de um sonhador em relação ao outro, pelo contrário, o sonhador que não alcançou o sonho por vezes sacrifica-se mais do que o sonhador realizado e quem recebe mais é quem faz menos, tudo isso se explica de forma que é exatamente como tinha quer ser, e como tantos outros acontecimentos esse é assim e não tem explicação.

Tudo bem se demorar, tudo bem se der errado, tudo bem... sonho certo está guardado e tudo se evidenciará, e nosso ofício será apenas se apossar dele independente de ser o tal sonho ou não, confie pois foi entregue por alguém mais sábio.

Paulo Roberto Carvalho.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Não vou me abandonar.




Já não me apego mais aos motivos que me levaram a imprecisão, deu errado e ponto, acabou e agora já faz parte de um pretérito concreto. É muito válido o desapego também do pessimismo, da covardia, da omissão, eles jogam junto no mesmo time, a ideia é uma reformulação completa.

Eu não vou me abandonar, pois sei que existem muitas pessoas envolvidas nos bastidores dessa história, muitas fichas em jogo, talvez as únicas de muita gente e isso motiva com tanta intensidade que a pancada mais forte recebida, passa a doer pouco ou nada; protege...tá aí, a motivação é com base em alguém ou alguma coisa que te encoraja e age como proteção eximindo as dores, nos imunizando e ainda bem que tenho isso, pois sem apoio e sozinho ninguém se motiva e aí...

Agradeço a todos os meus erros e a todas minhas precipitações, não vou me martirizar por isso ou aquilo que deu errado, aquele dia não foi o dia, não foi o momento,dará certo,chegará a hora.

O meu limite vem da mente e ela quer seguir lutando, já está tudo definido apenas caminhe e enfrente as surpresas e decepções da rota e as supere por favor, desenlace sem receio as dádivas, sem renuncia, pois o que fica geralmente é aquilo que você nunca desejou e dessa forma chega e impera, confie não se abandone és a aposta de alguém.



Paulo Roberto Carvalho

terça-feira, 12 de março de 2013

Qual o tempo que o tempo tem ?



Existem momentos que preciso ouvir um elogio, para que desta maneira perceba que sou importante -idiotice minha- mas não ouço, um sorriso, um abraço até vale, se assemelha mas não gradativa o meu ego, e nem sintetiza minha audição e passa a se tornar então profano juntamente com todo tipo de manifestação que não seje a oral.

Erro sempre que espero de você aquilo que quero ouvir, mas sou assim.Mudar eu tento, mas não consigo, e quer saber? nem devo também, mas fielmente um dia o tempo que me sufoca me presenteará, só que esperar me anseia e não aguento a cadencia que Cronos atravessa a avenida.

Todo esse truque do tempo; horas, dias, meses, anos, estações, clima… é segredo, é ilusório pois na verdade ele não precisa disso, mas Cronos deve conceituar que nós sim, precisamos de todo essa evolução cardíaca e angustiante para saber que somos capazes sem esperar por elogio algum, lentamente tudo se encaixa de acordo com a necessidade e prontidão, e de coraçao não estou pronto e nem disposto, preciso de confiança em quem esteve sempre ao meu lado e não em quem está agora ou em que venha a estar algum dia. O tempo também tem suas prioridades e preferências.

Paulo Roberto Carvalho.

quarta-feira, 6 de março de 2013

Pensando e viajando.



Todo tipo de disputas, brigas, discordância, é bom tudo bem, é normal , faz crescer e blá blá blá ... na minha opinião só gera desafetos e esse é o preço de ser o melhor, ou tentar ser, um preço que não vale a pena pagar. Existem pessoas que me odeiam e massacram essa minha opinião, ( e talvez você também agora) e me julgam por pensar assim, mas e daí, quem não é julgado por alguma coisa ? Martelam essa ótica, chegam até classifica-lá como acovardamento, porém , é assim que eu quero, e assim que vai ser,enquanto eu quiser , pelo menos.

Cada um de nós luta por um ideal, batalhamos por eles a vida toda, conseguimos alguns,( quem sabe até a maioria deles) e outros não, quem vai saber! E não é o fato da vida ser tão dura a ponto de nos fazer lutar por um sonho de forma desesperada e ainda sim não conseguir a concretização que me desanima, longe disso (talvez não tão longe) mas o que me tira o encanto e o sentido de viver, é a vida, juro! Pode parecer engraçado e sem sentido, mas acredito que estamos nessa vida "APENAS" cobrindo tudo que foi pontilhado por Deus e seus "funcionários" , o Destino, o Acaso, o Tempo, a Coincidência.

Quero sumir, apresentar meus velhos defeitos à pessoas novas, quem sabe elas não tenham antídotos novos, para esses meus vícios e quem sabe minhas virtudes de sempre, consigam torna-las melhores pessoas.

Tudo bem, eu confesso, passar no total do dia quase 5 horas em conduções me fazem ficar pensando mais do que deveria, pensando e pensando.


Paulo Roberto Carvalho