sábado, 8 de junho de 2013

Tudo bem .




Cada um na sua busca, cada um com sua bússola a procura é duradoura o encontro é longínquo por vezes não acontece, porém temos que nos apoiar na intenção de compensar o esgotamento com o capricho do alvo e pela concretização conte com a sorte pois as oportunidades caem sim do céu e devemos estar preparados e sensíveis para apreciar o momento exato.

Os destinos são exclusivos o que pode ser uniforme são as rotas e as companhia por entre elas, aprendemos a cada perda seja ela física ou abstrata , os ganhos nos iludem deixam a impressão de que tudo esta ordenado e que nada de inesperado acontecerá, e sabe o que auto-confiança atraí? Armadilhas, mas não se preocupem elas foram feitas exatamente para isso, então mergulhe de cabeça é convicto que será instruído por ela.

Existem sonhos que nunca serão realizados, entretanto existem outros semelhantes que se realizam e não simplesmente devido a um animo maior de um sonhador em relação ao outro, pelo contrário, o sonhador que não alcançou o sonho por vezes sacrifica-se mais do que o sonhador realizado e quem recebe mais é quem faz menos, tudo isso se explica de forma que é exatamente como tinha quer ser, e como tantos outros acontecimentos esse é assim e não tem explicação.

Tudo bem se demorar, tudo bem se der errado, tudo bem... sonho certo está guardado e tudo se evidenciará, e nosso ofício será apenas se apossar dele independente de ser o tal sonho ou não, confie pois foi entregue por alguém mais sábio.

Paulo Roberto Carvalho.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Não vou me abandonar.




Já não me apego mais aos motivos que me levaram a imprecisão, deu errado e ponto, acabou e agora já faz parte de um pretérito concreto. É muito válido o desapego também do pessimismo, da covardia, da omissão, eles jogam junto no mesmo time, a ideia é uma reformulação completa.

Eu não vou me abandonar, pois sei que existem muitas pessoas envolvidas nos bastidores dessa história, muitas fichas em jogo, talvez as únicas de muita gente e isso motiva com tanta intensidade que a pancada mais forte recebida, passa a doer pouco ou nada; protege...tá aí, a motivação é com base em alguém ou alguma coisa que te encoraja e age como proteção eximindo as dores, nos imunizando e ainda bem que tenho isso, pois sem apoio e sozinho ninguém se motiva e aí...

Agradeço a todos os meus erros e a todas minhas precipitações, não vou me martirizar por isso ou aquilo que deu errado, aquele dia não foi o dia, não foi o momento,dará certo,chegará a hora.

O meu limite vem da mente e ela quer seguir lutando, já está tudo definido apenas caminhe e enfrente as surpresas e decepções da rota e as supere por favor, desenlace sem receio as dádivas, sem renuncia, pois o que fica geralmente é aquilo que você nunca desejou e dessa forma chega e impera, confie não se abandone és a aposta de alguém.



Paulo Roberto Carvalho

terça-feira, 12 de março de 2013

Qual o tempo que o tempo tem ?



Existem momentos que preciso ouvir um elogio, para que desta maneira perceba que sou importante -idiotice minha- mas não ouço, um sorriso, um abraço até vale, se assemelha mas não gradativa o meu ego, e nem sintetiza minha audição e passa a se tornar então profano juntamente com todo tipo de manifestação que não seje a oral.

Erro sempre que espero de você aquilo que quero ouvir, mas sou assim.Mudar eu tento, mas não consigo, e quer saber? nem devo também, mas fielmente um dia o tempo que me sufoca me presenteará, só que esperar me anseia e não aguento a cadencia que Cronos atravessa a avenida.

Todo esse truque do tempo; horas, dias, meses, anos, estações, clima… é segredo, é ilusório pois na verdade ele não precisa disso, mas Cronos deve conceituar que nós sim, precisamos de todo essa evolução cardíaca e angustiante para saber que somos capazes sem esperar por elogio algum, lentamente tudo se encaixa de acordo com a necessidade e prontidão, e de coraçao não estou pronto e nem disposto, preciso de confiança em quem esteve sempre ao meu lado e não em quem está agora ou em que venha a estar algum dia. O tempo também tem suas prioridades e preferências.

Paulo Roberto Carvalho.

quarta-feira, 6 de março de 2013

Pensando e viajando.



Todo tipo de disputas, brigas, discordância, é bom tudo bem, é normal , faz crescer e blá blá blá ... na minha opinião só gera desafetos e esse é o preço de ser o melhor, ou tentar ser, um preço que não vale a pena pagar. Existem pessoas que me odeiam e massacram essa minha opinião, ( e talvez você também agora) e me julgam por pensar assim, mas e daí, quem não é julgado por alguma coisa ? Martelam essa ótica, chegam até classifica-lá como acovardamento, porém , é assim que eu quero, e assim que vai ser,enquanto eu quiser , pelo menos.

Cada um de nós luta por um ideal, batalhamos por eles a vida toda, conseguimos alguns,( quem sabe até a maioria deles) e outros não, quem vai saber! E não é o fato da vida ser tão dura a ponto de nos fazer lutar por um sonho de forma desesperada e ainda sim não conseguir a concretização que me desanima, longe disso (talvez não tão longe) mas o que me tira o encanto e o sentido de viver, é a vida, juro! Pode parecer engraçado e sem sentido, mas acredito que estamos nessa vida "APENAS" cobrindo tudo que foi pontilhado por Deus e seus "funcionários" , o Destino, o Acaso, o Tempo, a Coincidência.

Quero sumir, apresentar meus velhos defeitos à pessoas novas, quem sabe elas não tenham antídotos novos, para esses meus vícios e quem sabe minhas virtudes de sempre, consigam torna-las melhores pessoas.

Tudo bem, eu confesso, passar no total do dia quase 5 horas em conduções me fazem ficar pensando mais do que deveria, pensando e pensando.


Paulo Roberto Carvalho

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

No que acredito.


Acredito sempre que existem sim coisas que caem do céu além da chuva. Que devemos estar sempre preparados, pois um dia sem esperar, esse milagre cai do céu, por isso temos que andar de cabeça erguida e braços abertos -semelhantes ao do símbolo máximo da nossa Cidade- pois quando esse milagre cair devemos acolhe-lo, até porque precisamos de milagres que nos satisfaça.

Acredito em muitas coisas , em coisas que ninguém mais, além de mim deve acreditar, por exemplo: correr atrás ajuda , mas se ficarmos esperando (de braços abertos sempre apostos, claro) também acontece, aprendi a esperar, é serio, acredite, acontece.

Acredito, que só em acreditar já estou me defendendo de todos os obstáculos dessa vida estranha e complicada, acredito que não temos que se preocupar com o inferno pois já vivemos nele , além dessa vida só existe o Céu.

Acredito no meu sorriso e em tudo que ele transmite, acredito no abstrato, nos sentidos , no sentido, acredito no sol , na lua , nas estrelas , nos desejos , nos milagres, em sonhos, em franquezas e fraquezas.

Ah! Queria deixar bem claro, acredito em coisas não em pessoas , tudo que raciocina não é confiável.

Paulo Roberto Carvalho

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Tendenciando.



A tendência é você se perder em suas próprias vontades, é quase certo que ela seja outra daqui a alguns dias ou quem sabe não consiga alcançar nem uma hora e em minutos já se transformar, seus desejos e suas variações são intermináveis, e sem parar se modificam.

Infinitas vezes irá se contradizer em suas próprias palavras, seu foco mudará frequentemente, e isso vai te deixar confuso e se optar por culpar alguém, culpe a vida e os caminhos que ela traça, a cada dia ela coloca e tira pessoas do seu convívio e o pior é quando ela retira o mesmo ser que outrora tenha colocado, meio louco né?

Eu, ela, você, enfim, o que importa hoje, amanhã valerá pouco, depois bem menos, até que um dia se extinguirá, é assim que funciona, uma tendência. Nesse mesmo espaço, se reaproximará de antigos convívios, te surpreenderão sem você perceber e sem notar as adversidades deixaram nítidos o que importa de verdade, valorize sempre o que for conquistado.

A tendencia é acontecer um dia, é tudo a mesma coisa e importa pouco se os acontecimentos se sucedem continuamente ou alternadamente, é sempre através daquela famosa linha torta porém com a grafia certa, tudo é moldado de forma precisa o que nos falta é a paciência de esperar o vento certo bater.

Desanimar não, por favor, siga o fluxo do Destino, do Tempo, do Acaso, da Coincidência , eles costumam saber mais do que nós da nossa própria função por aqui. Aposte e espere.


Paulo Roberto Carvalho.

Impossível sem mim.



“…Faça o que achar necessário, exerça seu poder de escolha, decida seu próximo passo, porém, não deixe de pensar em todas as possibilidades, em todos os envolvidos, nos caminhos que suas decisões possam ter e nas interferências que elas podem causar, e mesmo depois de pensar nisso tudo, promete que não irá retroceder ? Execute seu plano.

Bem, era isso que acabara de ler, ainda no envelope de uma carta, naquele lugar que teoricamente é reservado para o CEP e tal, fiquei surpreso, nem muito pelo que eu tinha lido, mas por receber uma carta em pleno a era digital e de uma maneira tão diferente, um parágrafo escrito na frente do envelope. É claro que eu mergulhei nela, sou apaixonado pela grafia de uma caneta.

Meu rapaz, viva sem conselhos e não espere elogios algum, para que motive sua caminhada, até porque vocês seres humanos não costumam “bater palmas” para o correto, o tratam como obrigação, por essas bandas o errado é mais bajulado, vai entender…

Calma, calma..um instante: “Vocês , seres humanos”? E quem mais nesse mundo seria capaz de escrever uma carta, meu Deus ? Estaria então lendo eu uma carta de um alienígena ? Parei não quero mais ler nada.

Não espere por nada, não pare, não olhe para trás, na verdade faz o seguinte, olhe para seus pés , estão virados para frente, direção que você deve trilhar sempre, não precisa ter medo, não precisa fugir, só precisa de si próprio e de min claro.


Agora já está demais, eu preciso de você ? mas quem é você?. De forma ligeira passei o olho pela carta e percebi que ao fim da mesma, o remetente se revela, suportei a minha curiosidade e continuei a leitura.

É..precisa de você e de min, exatamente assim, conheço sua essência, querido, seus segredos, em quem você se escora e se apoia, conheço todos os seus medos, nem gosto de falar muito nesse cara aí, não curto muito o que ele faz, ele só nos trava, cansamos de perder oportunidades por conta do trabalho psicológico que ele nos remete, eu não posso me descuidar dele , pois em qualquer brecha minha, ele entra e o pior, você permite com uma facilidade que me irrita, és uma presa fácil, e ele só cresce porque me apequena e visto isso chego a acreditar até que gosta mais dele do que de mim.

Já sei..estou sonhando que leio uma carta só pode, é muito abuso.

Sou a CONFIANÇA, é impossível sem mim, quando estou longe te deixo inseguro, vulnerável, inconstante, fica sem rumo, sem saber o que fazer e você nem percebe. Só te escrevi pois queria desabafar, para que saiba que não pode me largar, eu te transformo , te agiganto, é necessário. Agora vou indo tenho outras cartas e outros medrosos para dar uma sacudida.

Espera, por favor, me escreva em outra oportunidade e não se chateie quando dou aquela brecha para o medo. E como já soubesse que iria pedir para que não fosse, na parte de trás da carta, se despediu assim…

Não fale dele, já te disse menino. E já te disse no começo da carta que só te escrevi porque tem coisa errada, vocês não se manifestam na exatidão.



Paulo Roberto Carvalho.